Anxius

O peito sufoca,
Coração palpita e grita,
Um som mudo das madrugadas,
Numa melodia forte e desesperada.

Lágrimas em degradê,
Buscando não se sabe o quê…
Uma dúvida incoerente com pleno significado?
Chuva torrente batendo no telhado?

Andantes expressivos se fazem desesperados,
Sonhos em antinomia: despedaçados,
Acordes agudos descompassados.

Coração palpita aflito,
Silencio por fora e tranquilizo a mente,
Hoje, logo será passado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s