Lâminas de gelo

A dor mais fria que aquece o peito,
A lágrima corrente na amargura:
Faz-se meu leito.

O desespero sufoca a alma,
Uma solidão disfarçada de alegria,
Uma dança soturna e calma.

Palavras afiadas: um flagelo,
Sentimentos destruídos e eternizados,
Uma dança solitária e mortal
Sobre lâminas de gelo.

Palavras afiadas,
Coração quebrado em tantos pedaços,
Cacos de vidro em pés descalços,
É a tristeza no seu mais forte laço.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s