A história do Imperador (1939-2016)

Deixando sua terra natal, família, amigos, mestres, com duas rosas mortais para trás, buscando sonhos, ou talvez o que restara de uma possível felicidade. Um destino incerto,  medos, anseios, com uma única certeza: o desconhecido.

Eu cresci vendo um império construído e prosperando, tudo verde! Cheio de pimenta-do-reino, café, coentro e alface… Cresci ouvindo sobre os costumes (tirar os sapatos ao entrar em casa), sobre como ouvir a sabedoria dos mais velhos, sobre como temos que respeitar a vida, como a juventude é efêmera,  sobre os anos dos animais, em como a primavera é bonita e fantasiosa na terra do sol nascente.

Ele dizia coisas como “Você tem cabeça boa”, “Você precisa se formar, trabalhar e ir passear no Japão”. Ele era direto, sem maldade nas palavras, porque elas refletiam seu coração, eram mastigadas e saboreadas antes de serem ditas.

Um homem de verdade, eu diria. Muitas vezes ingênuo, essa inocência o tornava mais especial, a forma como nunca se alterava (mas chorou como criança quando a vovó se foi, e só). Eu realmente admirei com calma tudo o que lhe era importante, se todas as pessoas tivessem o temperamento um pouco semelhante com o dele, não haveria guerra (espero seguir seu exemplo). Ele de longe foi o único homem digno de respeito de todos que eu já conheci, já vi, esbarrei, idealizei. Ele foi o único homem que respeitei.

Eu presenciei a queda do império, pelo tempo, pela falta de zelo da prole, pelo destino?
Eu vi o imperador já grisalho gostar de pintar, eu o vi ficar constrangido por usar dois pares de meias, eu o vi “virar bebê” novamente e, vi o imperador partir,  num sono tranquilo e eterno.

Foi uma honra ter lhe conhecido e sido sua neta. Arigatou. Sayonara.

気をつけて!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s