Corrompida

Você toma posse de meus sonhos,
Fazendo-me desejá-lo de forma insana,
Quanto mais eu reprimo,
Mais você me traz para sua maldade.

Ainda escondo o sorriso bobo,
Escondo a culpa do “gostar”
Que permanece oculto em mim.

A cada palavra você corrompe meu coração,
Enganando ou não − eu acredito,
Distante ou não − você está perto demais,
Sonhando ou não − isso está se tornando real,
Por mais que eu negue, você  me corrompeu
Você sabe,
Eu sei.

Eu peço: salve-me desse sentimento
Já não quero sentir mais nada,
Não quero lembrar, nem justificar…
Deixe os sonhos,
Pegue minhas mãos
E me leve com você aonde for,
Pois seu amor corrompeu meu coração.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Corrompida

  1. Bia Perez disse:

    Deixe-me de vez… liberte-me deste desejo… muita sensibilidade nesta poesia. Bom final de semana bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s