Não espere

Estou de cara no chão,
Contando um mundo de expectativas suas,
De todas elas,
Mais que todas,
Despercebi,
Decepcionei.

Meus olhos ficam marejados,
Novamente,
De novo… De novo…
Não espere nada de mim,
Não há nada que eu possa fazer,
Eu não faço nada do que posso fazer,
Mal sei quem sou,
Na verdade nem sei se sou.

Com sonhos sepultados,
Meu medo é tão grande,
Que guardo meu coração preso, isolado.

Anúncios

Um pensamento sobre “Não espere

  1. roccalex1 disse:

    Mas eu sei quem tu és: ès uma pessoa sensível, com muita bondade e amor em seu coração.
    Um beijo enorme e parabéns pela volta, minha querida amiga.
    Alex

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s