Deixe ir

Como você pode me entender,
Se é você que me devasta?

Você fez eu sentir o frio
Da noite, o desesperar,
Enquanto caía a chuva.

Me lembrou o que era amor,
Depois abandonou,
Me mostrou o que era a tristeza e a frustração.
Me salvou e me fez chorar sozinha.
Apenas me deixe ir.

Mentiu para mim sobre os anjos entre as estrelas,
Me pediu uma poesia sobre o universo,
“O nosso universo”
E me fez sentir frio por toda noite…
E em meio o desespero eu me perdi,
Mas lembrarei a tristeza e a decepção
Que foi estar ausente e ao seu lado,
Apenas me deixe ir.

Me deixe ir.
Me deixe ir.

Lembrarei do frio e da tristeza,
Que me fez chorar e me sentir viva,
Eu lamentar e me sentir destruída…
Me deixe ir…
Deixe ir…

Anúncios

4 pensamentos sobre “Deixe ir

  1. roccalex1 disse:

    Lindo e emocionante.
    Parabéns, Cami querida. Estava com muitas saudades de você, minha amiga.
    Mil beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s