Consolo

A cada pouca palavra tua
Milhões de gotas de ansiedade,
Queria saber teu sentimento:
Seria amor de verdade?

Sinto o olhar pesar,
Num quarto soturno e sombrio,
Se não te encantas
Porque iludiu?

Numa tarde quente,
Pequenos arrepios sobre minha pele,
Queria eu dizer “doces carícias”,
Mas é a tristeza que resulta em febre.

Ouço cada pessoa viver,
Por que minha única companheira é a solidão?
Por que do amor a única expectativa é a ilusão?
Por que a distância fria, gélida é o único consolo do meu coração?

Anúncios

3 pensamentos sobre “Consolo

  1. roccalex1 disse:

    Gostei muito, minha amiga querida. Mas tenho vontade de vê-la fazendo um poema celebrando a felicidade…
    Um beijo e um ótimo final de semana, Cami querida.
    Alex

  2. “Se ela te fala assim, com tantos rodeios, é pra te seduzir e te ver buscando o sentido daquilo que você ouviria displicentemente. Se ela te fosse direta, você a rejeitaria.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s