Meu novo dia

As sombras me cercam
Num inferno que não há luz,
Eu vou separar o meu sofrimento,
Isolando-o numa caixa,
Onde as memórias boas reluzem,
Ouvem-se os risos de momentos bonitos…
Que eu me lembro com carinho…

Certa manhã
Eu caminho em meus sonhos,
Querendo não despertar,
O vejo sorrindo…
Vivo aqueles momentos bons novamente…

Mas naquela noite estes momentos caíram fatalmente,
Em mil pedaços
Junto àquelas badaladas da igreja,
Junto àquela chuva fina,
Cheia de falsos sorrisos
fingindo estar tudo bem,
Segurando as lágrimas disseste…
Uma triste despedida,
Já não era um “até logo”,
Era um “Adeus”… Para sempre…

Eu ando pelas ruas,
Tentando não morrer por dentro…
Não vou me condenar…
Não vou me trair…
Essa é a dor que estamos vivendo juntos…
Eu sinto muito…

Não é fácil abandonar,
Minhas memórias serão como o sol…
Serão sempre aquecidas e adoradas por mim…
Vai saber como eu dei duro pra mudar
Quando você me tocar algum dia
Vai saber como um novo dia surgirá,
Meu novo dia,
Meu eterno amor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s