Mais um motivo

Meu universo vai se comprimindo,
Quebrando o céu, espalhando-o,
Derramando toneis de lágrimas,
Transformando tudo em caos.

Esse peso no peito,
É meu sofrimento cravado,
Uma cicatriz permanentemente aberta,
De quem precisa de um motivo,
Um motivo para não desistir,
Mais um motivo para viver.

Este universo comprimido,
Está no ponto para um colapso.

É bom sentir que você está aqui,
Para me abraçar e sentir através
Do que ninguém mais vê
Dentro da minha escuridão.

Eu posso acreditar em mais um motivo,
Quando você me entrelaça…
E contra seu peito: sentir cada pulsar,
A cada batida ritmada sua
Que me mantém viva,
Mais um motivo para viver
Num abraço carinhosamente infinito,
Um abraço que me salva de mim mesma,
Um abraço que eu quero para todos os dias,
Um abraço que me faz querer viver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s