A Âncora

Pode dar estabilidade em alto mar,
No balançar ritmado, fazer parar…
Ou em tempos piores,
Realmente, afundar.

Quem carrega diz o quão pesadas são,
Tão desgastadas… e tão rudes…

Às vezes insensíveis a quietude…
Tocando os mares
E, acompanhando-o em sua solitude…

Tão necessárias…. Tão pesadas…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s